Incidente do estreito de Querche

(Redirecionado de Incidente do estreito de Kerch)
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um evento atual.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 3 de dezembro de 2018)
Rebocador Yany Kapu foi atacado pelo barco de patrulha Don, como visto pelo barco de artilharia ucraniano Gyurza-M.

O incidente do estreito de Querche é atualmente um incidente diplomático entre a Rússia e a Ucrânia. O incidente ocorreu em 25 de novembro de 2018, quando um navio de carga russo impediu que três navios da marinha da Ucrânia passassem sob a Ponte da Crimeia, no estreito de Querche.[1] A Rússia acusou os navios ucranianos de entrar ilegalmente em suas águas territoriais.[2]

Segundo as autoridades russas, foi solicitado repetidamente aos navios ucranianos que abandonassem as águas territoriais russas; como a Marinha ucraniana se recusou, a Rússia atacou e apreendeu três navios ucranianos ao largo da costa da Crimeia. Duas canhoneiras e um rebocador foram capturados por forças especiais russas depois de uma perseguição. De acordo com diferentes relatórios, três[3] ou seis[2] tripulantes ucranianos ficaram feridos.

Mais tarde naquele dia, o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, assinou um decreto de lei marcial, que foi aprovado pelo parlamento no dia seguinte.[4] Oleksandr Turchynov, secretário do Conselho Nacional de Segurança e Defesa da Ucrânia, teria dito que o incidente foi um ato de guerra.[5] Ele também afirmou que preparativos militares ativos foram vistos ao longo da fronteira no lado russo.[6]

Alguns dias após a decretação da lei marcial, mais precisamente em 30 de novembro de 2018, o presidente ucraniano proibiu a entrada de cidadãos russos do sexo masculino entre os 16 e 60 anos no país, sob a justificativa de se evitar a formação de ``exércitos privados´´ da Rússia no país.[7]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Osborn, Andrew; Polityuk, Pavel (25 de novembro de 2018). «Russia seizes Ukrainian ships near annexed Crimea after firing on them». Reuters. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  2. a b «Russia seizes Ukrainian naval ships». BBC News. 25 de novembro de 2018. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  3. «Tense standoff around Kerch Strait between Russia & Ukraine: How it developed». RT. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  4. Hodge, Nathan; Berlinger, Josh (26 de novembro de 2018). «Ukrainian lawmakers approve martial law as tensions with Russia escalate». CNN. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  5. «Турчинов: РФ вперше відкрито атакувала Збройні сили України». ZIK.ua (em ucraniano). 26 de novembro de 2018. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  6. «Турчинов заявив про активну підготовку військових підрозділів РФ на кордонах з Україною» (em ucraniano). Ukrainian Independent Information Agency. 26 de novembro de 2018. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  7. Sahuquillo, María R. (30 de novembro de 2018). «Ucrânia proíbe entrada de homens russos com idades entre 16 e 60 anos para evitar "exército privado"». EL PAÍS 

Ligações externasEditar