Administração Espacial Nacional da China

agência espacial estatal da china
Administração Espacial Nacional da China
CNSA.svg.png
estatal
Atividade Exploração espacial
Fundação 1993 (26 anos)
Sede China República Popular da China
Pessoas-chave Chen Qiufa (administrador geral)
Website oficial cnsa.gov.cn

Administração Espacial Nacional da China (chinês: pinyin: Guó Jiā Háng Tiān Jú, literalmente: "Departamento Nacional de Astronáutica") é a agência espacial estatal da República Popular da China, responsável pelo programa espacial chinês. Ela é a responsável pelo planejamento e desenvolvimento das atividades espaciais do país.[1] A AENC e a Corporação de Tecnologia e Ciência Aeroespacial da China assumiram a direção do programa espacial antes subordinado ao extinto Ministério da Indústria Aeroespacial.

Índice

HistóriaEditar

 Ver artigo principal: Programa espacial chinês

Apesar do programa espacial chinês existir desde 1956, a AENC é um órgão relativamente novo, criado em 1993 quando o Ministério da Indústria Aeroespacial foi dividido entre ela e a CTCAC. O primeiro órgão seria responsável pela política, enquanto o segundo pela execução. A divisão não foi considerada satisfatória, já que as duas agências, se tornaram, com efeito, apenas uma grande agência, dividindo pessoal e gestão.[1]

Como parte da completa reestrutução da área, em 1998 a CTCAC foi dividida em várias pequenas empresas estatais. A intenção era a de criar algo semelhante aos contratos do sistema de defesa dos países ocidentais, onde as entidades que são agências governamentais estabelecem as políticas de operação e integram seus requisitos técnicos e operacionais para execução a empresas que pertencem ao governo mas não são dirigidas por ele.[1]

FunçãoEditar

A Administração Espacial foi criada como instituição governamental para desenvolver e cumprir as obrigações internacionais da China, com a aprovação da oitava Assembleia Popular Nacional da China. A nona Assembléia atribuiu a ela o status de estrutura interna da Comissão de Ciências, Tecnologia e Indústria para a Defesa Nacional. A partir daí a agência assumiu as seguintes responsabilidades: assinatura de acordos governamentais na área espacial em benefício das organizações, troca de conhecimento técnico e científico inter-governamental e a responsabilidade pela execução das políticas espaciais nacionais e gestão nacional de ciência, tecnologia e indústria espaciais.

Até o momento, a China tem assinado acordos governamentais de cooperação espacial com o Brasil, Paquistão, Chile, França, Alemanha, Índia, Itália, Rússia, Ucrânia, Reino Unido e Estados Unidos e entre outros países. Conquistas significativas na área do conhecimento espacial foram conseguidas através dessa cooperação e acordos bilaterais e multilaterais.[1]~

Os administradores da agência espacial são indicados pelo Conselho de Estado. O atual administrador (2012), Chen Qiufa, ocupa o cargo desde 2010.

Projetos espaciais em cursoEditar

  • Programa Shenzhou - programa de missões não-tripuladas e tripuladas ao espaço.
  • Tiangong 1 - módulo laboratório espacial de 9 toneladas colocado em órbita em 2011.[2]
  • Chang'e 3 - sonda de pouso lunar, lançada em dezembro de 2013.[3]

LogomarcaEditar

A logomarca da AENC é similar à da Corporação de Tecnologia e Ciência Aeroespacial. A seta no meio tem forma parecida com um caractere chinês que significa 'humano' ou 'pessoa' para indicar que o homem é o centro das explorações espaciais. As três elipses concêntricas representam três velocidades de escape, as velocidades mínimas para atingir uma órbitarah maior sustentável, para escapar do sistema gravitacional terrestre e para escapar do sistema solar, três marcos da exploração espacial. O segundo anel é desenhado em negrito, para enfatizar que a China já superou este desafio (a exploração do sistema terrestre) e está a caminho do segundo estágio de seu desafio, pelo interior do sistema solar.

Referências

  1. a b c d «Organization and Function». China National Space Administration. Consultado em 18 de junho de 2012 
  2. «China launches TianGong-1 to mark next human space flight milestone». NASASpaceflight.com. Consultado em 18 de junho de 2012 
  3. «China Starts Manufacturing Third Lunar Probe». Consultado em 18 de junho de 2012 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Administração Espacial Nacional da China